Arquivos da Tag: inteligência emocional

Resenha descritiva da palestra: “Inteligência Emocional”

         Como atividade complementar do curso de Administração do Centro Universitário Estácio de São Paulo, apresento um resumo da palestra “INTELIGÊNCIA EMOCIONAL: Sem ela, não dá!” ministrada pela  professora  ROSA MATIAS (diretora da ANNIMUS PSICOLOGIA – Psicoterapia cognitivo-comportamental, R. Prof. Roldão de Barros, 125 – Jardim Malia I, São Paulo – SP, 04823-010, (11) 99954-1372) organizado pelo Centro Universitário Estácio de São Paulo – Unidade Interlagos, realizada no dia 23 de maio de 2017 das 19 às 21 horas no auditório da unidade, situado na Avenida do Jangadeiro, 111 – Interlagos, São Paulo – SP, 04815-020.

         A palestra teve como público alvo, alunos dos cursos de Pedagogia, Letras e Educação Física, porém, foi aberta para todos os cursos e houve forte adesão do curso de Administração.

         Após a apresentação a palestrante inquiriu o público utilizando-se de linguagem coloquial e de fácil compreensão, sobre o que é Inteligência Emocional. Constatado o pouco conhecimento do público sobre o assunto, a palestrante modificou sua abordagem mostrando que seria “mais fácil pensar na falta dela…?”.

      Alguns participantes timidamente opinaram e a palestrante então iniciou uma pequena sessão de meditação guiada e ao som de música inspiracional (do Power Thoughts Clube de Meditação) levou todos a um relaxamento, harmonia e comunhão culminando com todos do público se abraçando e desejando uma verdadeira “Boa noite”.

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL:

Capacidade de suportar frustrações, mantendo a motivação e a visão administrativa para alcançar os resultados por meio do relacionamento interpessoal.
Rosa Matias, 2017.

         Dando ênfase as frustrações, mostrou a importância da motivação para alcançar objetivos, conquistar apoio, conseguir o que parecia ser impossível. E para exemplificar utilizou-se de um trecho do filme “Perfume de Mulher”, assistimos a cena em que Frank Slade, um tenente-coronel cego, vivido por Al Pacino, convida uma moça para dançar e recebe a seguinte resposta:

– Não posso, porque meu noivo vai chegar em poucos minutos…
E Frank responde:
– Mas em um momento se vive uma vida!

Em seguida o casal vai para o centro do salão e ao som de “Por Una Cabeza de Carlos Gardel” dançam de forma majestosa.

Analisando o diálogo que precede a dança chegamos a duas conclusões:

         1 – A melhor decisão que podemos tomar é aquela que está por vir. Muitas pessoas passam a vida lamentando o tempo e as oportunidades que perderam, quando ainda têm incontáveis momentos para decidir por algo melhor para si mesmos, e para os outros.

         2 – O sentido da vida não consiste em satisfazer a si mesmo, mas em buscar a felicidade daqueles que estão ao nosso redor.

         Dando continuidade ao tema frustração, a palestrante exibiu uma propaganda do chocolate Stratos, “Precisa-se de um parceiro”. Esta propaganda britânica, que possui uma excelente trilha sonora, inicia com a imagem de um garoto jogando bola sozinho, fica evidente sua “FRUSTRAÇÃO”. O momento vivido pelo garoto possibilitou boa análise sobre a Inteligência Emocional e, foi de grande importância também aos futuros administradores presentes porque foi um belo exemplo da união de uma visão de longo prazo, um plano estratégico bem feito e a execução perfeita!

         Finalizando a palestra explicou os três pilares da “Inteligência Emocional”, de maneira simples e descritiva apresentou um compêndio sobre as emoções que, foram ilustradas  em forma de “balde”, sem dúvida foi uma abordagem interessante e marcante.

         A palestrante esclareceu ao público que esta trata-se de uma palestra preliminar, os que se interessaram e desejam se aprofundar no tema deverão entrar em contato com a professora Rosa Matias afim de matricular-se para o próximo encontro que acontecerá em 1º de julho de 2017, um sábado.

         No encerramento, os aplausos foram intensos por parte do público presente, público este, que, inclusive, aplaudiu de pé, valorizando as experiências socializadas pela palestrante.

Tags , ,