Anulação de impeachment faz Bolsa cair até 3,5% e dólar subir 4,75%

160509_MRT_Simulador_BovespaA notícia de que o presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), assinou uma decisão nesta segunda-feira (9) para anular a tramitação do impeachment da presidente Dilma Rousseff no Congresso fez a Bolsa cair 3,5% e o dólar disparar até 4,75%.
O Ibovespa já operava em queda de mais de 1,8% e o dólar subia cerca de 0,5% ante o real nesta sessão, pressionados pela queda das commodities e dados ruins sobre o comércio exterior da China. A informação pegou os investidores de surpresa, já que o afastamento da presidente Dilma Rousseff, em votação no plenário do Senado nesta quarta-feira (11), era dado como certo.
Em comentário, André Perfeito, economista-chefe da Gradual Investimentos, afirma que, se confirmada a decisão de Waldir Maranhão, “o mercado ficará vendido em Brasil nos mais diversos ativos”.
Ou seja, a Bolsa vai cair mais e o dólar se valorizar ante o real, invertendo o movimento visto nos últimos dois meses com as expectativas de impeachment de Dilma Rousseff. André Perfeito afirma, no entanto, não acreditar que a medida irá reverter o processo de afastamento de Dilma. “Mas sem dúvida o uso desta ‘bomba atômica’ irá comprar mais tempo para a defesa da presidente.”
Fonte: folha.uol.com.br/mercado 09/05/2016 12h30m
[Total: 1    Média: 5/5]
Tags , , ,

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.